R. Vinte e Seis de Agosto, 83
Centro - Campo Grande - MS
67 3382-4835

 
 

Cadeiras de rodas ocupam vagas de carros no centro

Como parte do Movimento Maio Amarelo, 30 cadeiras de rodas foram estacionadas propositalmente nas vagas de carros e motos na Rua 14 de julho, no centro de Campo Grande no dia 12, entre a Avenida Afonso Pena e Barão do Rio Branco.

A ação fez parte do Movimento Maio Amarelo, que desde a semana passada realiza abordagens e atividades educativas em diversas vias da cidade. O objetivo da campanha é alertar os motoristas quanto à necessidade de reduzir o número de acidentes de trânsito no mundo todo.

A ideia de estacionar as cadeiras nas vagas em frente às lojas é, justamente, mostrar que muita gente que não é deficiente ocupa as vagas de quem é cadeirante. Nas cadeiras frases chamavam atenção para desculpas que as pessoas costumam dar quando ocupam vagas para deficientes : “Só fui tomar um cafézinho”, “Vou ali e já volto” e “É só um minutinho”.

De acordo com levantamento do órgão, em dezembro de 2014, das 2.458 vagas existentes no quadrilátero central, 120 são destinadas a idosos e 61 a deficientes. Atualmente a Capital tem 2 mil cadeirantes e 200 mil pessoas portadoras de algum tipo de deficiência segundo dados do IBGE.

Conforme o chefe de Núcleo da Divisão de Educação para o Trânsito da Agetran, David Marques, o desrespeito em relação às vagas ainda é grande, mesmo com as campanhas nesse sentido na Capital, incluindo as ações do movimento “Essa vaga não te pertence nem por um minuto”, criado em 2011 e com alcance nacional. “É preciso conscientização dos cidadãos”, comenta.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.