R. Vinte e Seis de Agosto, 83
Centro - Campo Grande - MS
67 3382-4835

 
 

Novo sistema de emissão de cartão para vagas especiais já está disponível

A prefeitura de Campo Grande, em parceria com o Detran/MS e a Agetran, lançou o novo sistema de emissão de cartão de estacionamento para vagas de idosos e deficientes. Para facilitar a vida do cidadão, o cartão será emitido agora em todas as agências do Detran, sede da Agetran e Central de Atendimento ao Cidadão.

A apresentação oficial aconteceu no dia 9 de julho na coletiva realizada no auditório do Ministério Público Estadual e contou com a presença do presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de MS (SindcfcMS), Wagner Prado. “O processo é menos burocrático e irá trazer mais agilidade”, comentou.

Com o novo sistema, o usuário que necessita da obtenção do cartão de estacionamento poderá iniciar o processo pela internet. No site www.detran.ms.gov.br estará disponível um link, onde o usuário preenche seus dados e imprime o formulário. Com esse formulário, documentos pessoais e laudo que comprove a deficiência, o usuário vai até uma Agência do Detran e retira seu cartão de estacionamento, o cartão é emitido na hora.

Em Campo Grande são 378.103 mil condutores, destes 60.063 (15,89%) têm mais de 60 anos, com direito à vaga especial. Já os com algum tipo de deficiência totalizam 11.683 (3,09%). A Diretora de Educação de Trânsito do Detran Marlene Rondon, enfatizou a importância dos parceiros dessa ação. “Nós julgamos de suma importância dar direito a quem tem direito. Colocamos a disposição todas as nossas agências de Campo Grande, todos os nossos funcionários já foram capacitados e já estão aptos para atender quem realmente é detentor dessas vagas, quem tem esse direito”, destacou Marlene.

Segundo a Promotora de Justiça Jaceguara Dantas da Silva Passos “o Ministério Público Estadual através da Promotoria de Justiça dos Direitos Humanos instaurou um procedimento junto aos órgãos de proteção das pessoas com deficiência em virtude das vagas para essas pessoas estar sendo usadas por pessoas que não precisam e estruturou uma campanha objetivando sensibilizar e conscientizar a sociedade sobre o uso das mesmas, não sendo essa suficiente chamou-se parceiros entre esses Detran, Agetran e BPTran para uma fiscalização maior, o que resultou no lançamento de hoje”.

A lei dispõe a obrigatoriedade dos estabelecimentos reservarem no mínimo 2% (dois por cento) das vagas de estacionamento para veículos que transportem pessoas com deficiência, com dificuldade de locomoção e idosos. A partir de janeiro de 2016 a infração passará de leve para grave.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.