R. Vinte e Seis de Agosto, 83
Centro - Campo Grande - MS
67 3382-4835

 
 

Proposta de Gestão Sindical semelhante a de MS é aprovada por unanimidade pelos CFCs de Alagoas

Publicado em 22/04/2016 08h43

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada no último dia 04 de Março de 2016, na cidade de Maceió – Alagoas, os Centros de Formação de Condutores daquele Estado aprovaram, por unanimidade, a gestão do Curso Teórico Técnico de Aprendizagem com arrecadação de seu valor mediante instituição de Boleto Bancário bem como a instituição de Contribuição Associativa no percentual de 10% (dez por cento) sobre o valor de cada curso, cujo valor será destinado para estruturação do Sindicato bem como construção, administração e conservação de Pistas de Treinamento e Avaliação de Prática Veicular.

Após visita ao nosso Estado, realizada pelo Sr. João Batista da Silva Neto, Presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do Alagoas, e constatar pessoalmente a eficácia e segurança do sistema de gestão do Curso Teórico Técnico de Aprendizagem, houve por bem levar o projeto para discussão preliminar com seus associados, o que foi proporcionado mediante realização de reuniões prévias, ocorridas nas regionais existentes naquele Estado.

Posteriormente, designada Assembleia Geral Extraordinária, foi solicitado auxílio técnico dos representantes do SINDCFC/MS que se deslocaram até aquele Estado para ajudar a categoria como um todo, conscientizando dos benefícios e responsabilidades adquiridas com a implantação do projeto.

Previamente, foram realizadas reuniões com o Presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Alagoas além do representante do Ministério Público Estadual, Promotor Sidrack José do Nascimento, que conheceu do projeto a ser implementado aproveitando a oportunidade para sanar dúvidas e inclusive oferecer sugestões. No dia 04 de Março do corrente ano, data da Assembleia Geral Extraordinária, teve-se uma adesão de mais de 70% (setenta por cento) de toda a categoria econômica daquele Estado, que naquela oportunidade, aproveitaram para debater o projeto e inclusive, discutir de forma conjunta a sua implantação.

Contribuíram para o debate o Presidente do SINDCFC/MS, Sr. Wagner Roberto Prado, que sentou-se a mesa e ocupou tempo significativo do debate, apresentando naquela oportunidade um vídeo institucional demonstrando toda a evolução deste sindicato ao longo dos anos, o que somente foi possível através do sistema de gestão do curso teórico técnico de aprendizagem e inclusive, apontou outros objetivos a serem alcançados.

E na mesa ainda participaram os senhores Abelardo Jose da Silva Filho, na condição de Presidente do Sindicato das Auto-escolas e C.F.C.s da Bahia, Eduardo Domingos, na condição de Presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do Estado do Rio Grande do Norte, além do Presidente do SINDCFC/ALAGOAS.

Feitos os esclarecimentos, as deliberações consentidas pela categoria econômica daquele Estado foram aprovadas por unanimidade, ou seja, por aclamação de todos os presentes, sendo naquela oportunidade instituído o sistema de gestão idêntico ao implantado neste Estado, com arrecadação do valor do curso teórico técnico mediante expedição de Boleto Bancário e destinação de 10% (dez por cento) de seu valor, como contribuição associativa para o sindicato, com valor destinado a estruturação da entidade e construção de pistas de treinamento de avaliação de prática veicular.

Wagner Roberto Prado, após a solenidade realizada em Maceio, houve por bem em pontuar que "são nesses momentos que podemos avaliar a grandiosidade do programa de gestão já implementado por todos os CFC´s de Mato Grosso do Sul. É um ato de coragem ultrapassar os limites do Estado e vir defender a ideia em outro local, com outra cultura, participar de diferentes debates e ainda ao final, receber como prêmio, a aprovação por unanimidade de todos os presentes! É um sinal que estamos no caminho certo e um grande incentivo para implementar as outras propostas que certamente irão beneficiar ainda mais toda a categoria dos Centros de Formação de Condutores de nosso Estado."

E a viagem não serviu apenas para ajudar os CFC´s daquele Estado na implementação deste modelo de gestão como também serviu como forma de conhecer os termos da Portaria 1.682/2015, expedida pelo DETRAN/AL, e que teve como objetivo regular os preços pagos pelos serviços prestados para o processo de aprendizagem teórica e prática do processo de formação de novos condutores.

As informações obtidas naquela oportunidade serviram aprofundar ainda mais a proposta de regulação dos serviços no estado de Mato Grosso do Sul, em modelo semelhante ao instituído no Estado do Alagoas e imposto mediante Portaria Estadual que vincula o proprietário dos Centros de Formação de Condutores a cobrar o preço nos limites estabelecidos pelo DETRAN, sob pena de sofrer sanção disciplinar, desde advertência até cassação de registro de funcionamento.

Este é o resultado do integral cumprimento de uma das principais missões estabelecidas no Estatuto da Categoria, prevista no Inciso IV, Artigo 4º, quando o constante e permanente intercâmbio realizado com as demais instituições brasileiras vem proporcionando difundir a evolução já existente neste Estado, bem como conhecer de outras ideias que aprimoradas e implementadas, servirão para melhorar ainda mais a condição de trabalho de nossos associados. (Com a colaboração da assessoria jurídica do sindicato)

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.