R. Vinte e Seis de Agosto, 83
Centro - Campo Grande - MS
67 3382-4835

 
 

Uso do simulador passa a ser obrigatório na obtenção da CNH

Ferramenta vem contribuir para a melhor formação do condutor

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), órgão do Ministério das Cidades, decidiu tornar obrigatória a utilização do simulador de direção veicular nos Centros de Formação de Condutores (CFCs) em todo País. A resolução foi publicada no Diário Oficial da União do último dia 20. A medida já é seguida nos estados do Rio Grande do Sul, Acre, Paraíba e Alagoas.

O presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Mato Grosso do Sul (SindcfcMS), Wagner Prado, explica que a medida não deve elevar o custo para o aluno. “A exigência é de 25 aulas, sendo que dessas, no mínimo cinco terão que ser realizadas no simulador, uma com conteúdo noturno”, destaca.

Para o diretor-financeiro e instrutor há 33 anos, Luiz Ferreira dos Santos, a ferramenta vem contribuir para a melhor formação do condutor. “O aluno terá oportunidade de dirigir com chuva, neblina, fadiga. O instrutor pode selecionar a aula na via rural, rodovia, cidade e até mesmo demostrar quais são os ricos de dirigir embriagado, por exemplo”.

As aulas nos simuladores vão ocorrer em seguida da aprovação no curso teórico. Após as aulas na tecnologia, será emitido um relatório com as infrações e principais dificuldades do aluno. “Esse aluno irá para a rua com uma noção mais ampla do trânsito e também melhor preparado para as situações adversas”, completa Wagner Prado.

São 74 simuladores para atender todos os 220 CFCs do Estado, e haverá pelo menos uma máquina em cada microrregião: 10 só para atender os 50 CFCs da Capital.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.